domingo, 16 de setembro de 2012

Garotas no Vocal - Hans-A-Plast


Hans-A-Plast é uma banda de punk rock de Hanover, Alemanha,  que viveu praticamente toda sua tragetória na cena underground, foi fundada em 1978 por Jens Meyer (guitarra), Miquéias Polten (guitarra), Renate Baumgart (baixo) e Bettina Schroeder (bateria). É uma banda com a formação de mulheres e homens.

Annette Benjamin juntou-se a formação logo depois, e sua entrada foi crucial pro Hans-A-Plast,devido a sua forma de cantar.

Com ela a banda possuia um som inspirado no punk Britânico e algumas semelhanças com a cantora Nina Hagen. Hans-A-Plast  rapidamente se tornou uma das mais bem sucedidos formações do punk alemão.


Em 1979, sai o álbum de estréia do grupo, depois e alguns EP´s, nesse disco continha alguns dos primeiros clássicos do punk alemão. 

Sem promoção, o álbum vendeu mais de 20.000 cópias e foi com "Amokkoma"  um dos mais bem sucedidos álbuns de punk alemão do início do período.


A banda investia em títulos feministas como "For a Woman".

Devido ao sucesso do grupo logo foram criticados por alguns punks, por  ser "comercial".

Após uma longa pausa, lança mais um album e Annette Benjamin casa-se e deixou a banda, rompeu com Hans-A-Plast. Em 1988, além de uma compilação de CD de Hans-A-Plast, um álbum solo do baterista Bettina Schröder. 

Em 2005, os albuns do Hans-A-Plast-LPs foram remasterizados e re-lançados em CD, uma reedição do primeiro LP em vinil.

a vocalista do Hans-A-Plast, Annette Benjamin em 2005, cantou as canções da banda "Dance Monster", junto com a banda  alemã de rock sangrento "Dead And Sexy. A canção compõe a edição limitada   do  álbum "Quarto Narcotic" do Dead and Sexy.

 Download Torrent:thepiratebay.se/torrent/4812456/ 

Garotas no Vocal - Skeletal Family

Skeletal Family é uma banda de Gothic Rock inglesa que esteve ativa nos periodos de 1982-1986 ( primeira onda do post punk e New Wave) e de 2002 à atualmente.

Tem como membros Stan Greenwood, Roger "Trotwood" Nowell e Anne-Marie Hurst, que estão desde do inicio do Sketetal Family, a banda já passou por diversas formações, porém os três são fundamentais.
.
O nome da banda é inspirado no título da canção "Chant of the Ever Circling Skeletal Family"de 1974 do cantor David Bowie presente no lado B, do álbum"Diamond Dogs".
O primeiro disco de estudio da banda  foi gravado em quatro dias a um custo minimo, foi lançado em Agosto de 1984. 

Superou  as expectativas no Reino Unido , permanecendo no top 10 até o final daquele ano.

 A banda começou a excursionar com The Sisters of Mercy.

O grupo então assinou com a Chrysalis Records , e Anne-Marie Hurst, juntamente com Martin Henderson dão uma pausa da banda para desenvolver novos projetos paralelos. 

Anne-Marie Hurst acabaria por se juntar com Gary Marx em "Ghost Dance".

Enquanto isso no Skeletal Family a ex- backing vocal do Colourfield,  Katrina Phillips substituíd Anne-Marie Hurst e Kevin Hunter substitui Martin Henderson. Logo a banda pararia suas atividades em 86.


Em 2002, a bandae SKaletal Family foi reformulada, agora com Claire Bannister nos vocais, eles fizeram vários shows, incluindo apresentações nos eventos Wave Gotik Treffen  e Drop Dead New York.
da banda foi lançado em setembro de 2009. 

Dois meses depois do lançamento do disco, o grupo anunciou que tinha se desfeito novamente.

Porém atualmente Stan Greenwood e Roger Trotwood Nowell estão atualmente gravando e se apresentando com Anne Marie Hurst (os três membros remanescentes e criadores da banda) como uma nova reunião de Skaletal Family.

Link para baixar Skeletal Family: www.filestube.com/s/skeletal+family+mediafire

sábado, 15 de setembro de 2012

Garotas no Vocal - Excuse 17

Carrie Brownstein
Excuse 17 é a banda de origem de Carrie Brownstein, do periodo de  1993-1995, era uma banda de  punk rock  de Olympia, Washington também pioneira do Riot Grrrl.

Carrie Brownstein , Becca Albee e CJ Phillips se juntaram para forma o Excuse 17, uma banda que iria durar apenas alguns anos, mas viria a ser influente na cena grunge, riot grrrl e punk.

 Carrie e Becca ambas tocavam guitarra e cantavam e CJ na bateria .

 Depois de sua criação, a banda rapidamente gravou uma fita demo e depois começou a tocar e gravar várias compilações em gravadoras independentes . 

Sua primeira gravação foi  Excuse Seventeen, lançada em conjunto.

Mais tarde, lançaram seu segundo álbum e ultimo trabalho,  pelo rótulo Kill Rock Stars , em 1995, que mostrou um aumento na qualidade da gravação. 

Elas encontraram-se frequentemente a fazer shows com Heavens to Betsy , incluindo turnês, não é de surpreender já que ambas as bandas foram uma parte ativa da Riot Grrrl cena, bem, ambos aparecem na compilação LP / CD Free for Fight .

Corin Tucker do "Heavens to Betsy" fez amizade com Carrie Brownstein e juntas formaram o Sleate Kinney.

Um projeto paralelo que logo evoluiu para o seu foco principal e seus respectivos grupos terminam.

No entanto, as gravações do Excuse 17  ainda são valorizadas pelos fãs do Sleater-Kinney, os interessados ​​em Riot Grrrl, e colecionadores de discos em geral.

Becca Albee atualmente é professor de fotografia na Faculdade da Cidade de Nova York.



fonte: http://pt.wikipedia.org

Garotas no Vocal - Heavens to Betsy


Corin Tucker
Heavens to Betsy é mais uma das muitas bandas de Olympia , Washington do Gênero punk, Riot grrrl, a banda esteve ativa no breve periodo de 1991-1994

Heavens to Betsy foi a primeira banda da Sleater-Kinney,  Corin Tucker (vocalista / guitarrista).

As membros foram as colegas da faculdade Evergreen State,  as jovens Tracy Sawyer em tambores e, ocasionalmente, guitarra baixo , e Corin Tucker na guitarra e vocais.

Uma de suas primeiras aparições foi na Convenção Internacional Pop Metro organizado por uma gravadora independente em 1991. 

Onde apresentou-se Heavens to Betsy, Bratmobile e 7 Year Bitch, entre outras, aparecendo, um evento que é considerado um dos eventos centrais no início do motim Grrrl movimento na cena Seattle-Olympia, EUA. 

Corin Tucker
Seu primeiro disco foi uma única separação no K Records, com Bratmobile, um famoso split , considerado uma gravação essencial do motim Grrrl da época.

A banda gravou três singles, produziu um LP / CD, e contribuiu para muitas compilações, enquanto eles estavam juntos.

Essas gravações são agora procurados por colecionadores.

Uma dessas compilações, "Free for Fight", também incluiu uma canção de  Carrie Brownstein e sua banda.


Corin e Carrie começaram a tocar juntas  quando o Heavens to Betsy se separou em meados de 1990.

Ouça: http://www.myspace.com/heavens2betsy

Garotas no Vocal- "Sleater-Kinney"

Sleater-Kinney é uma banda formada em 1994 em Olympia, Estados Unidos, muito influente no rock alternativo e influenciada pelo movimento Riot Grrrl, assim como boa parte das bandas daquela cena e bandas feministas que surgem depois, é um trio composto por mulheres. 



A banda segue uma longa linhagem de bandas do Noroeste dos EUA, eram admiradoras do Bikini Kill e logo adeptas do Riot Grrrl.

O nome da banda veio da estrada "Sleater-Kinney Road" em Olympia, perto de um dos locais usados no começo da banda para ensaios.

A banda começa suas atividades em 1992, o Sleater-Kinney era apenas um projeto paralelo das guitarristas Carrie Brownstein (Excuse 17) e Corin Tucker (Heavens to Betsy) ambas de respeitaveis bandas feministas e ambas integrantes principais do Sleater.

Seu primeiro álbum foi lançado naquele ano com título homônimo, o disco foi bem recebido pela crítica e apreciado pela sua abordagem feminista, mas a banda sonhava grande, queria ter respeito não só de seus fãs, mas de um público cada vez maior.

Em 1996 lançaram os álbuns "Call The Doctor" e posterior Dig Me Out (1997).


"Dig Me Out" marcou a estréia da banda no selo Kill Rock Stars, um expert em bandas independentes de riot grrrl,o disco é uam mistura perfeita de ideologia, atitude e bons riffs, , a banda é politizada, porém não é agressiva como o Bikini Kill.


 Em 1999, lançaram "The Hot Rock"e  também estrearam seu primeiro video clipe (Get Up)

Seguem-se All Hands on The Bad One (2000) , One Beat (2002), álbum que foi criticado como o mais acessível e comercial da banda, alem do pesado e cru álbum The Woods de 2005.

Em 27 de junho de 2006 foi anunciado no site oficial da banda o rompimento por tempo indefinido.

#Discografia

The Woods | 2005
CD/LP (Sub Pop)
One Beat | 2002
CD/LP (Kill Rock Stars)
All Hands on the Bad One | 2000
CD/LP (Kill Rock Stars)
The Hot Rock | 1999
CD/LP (Kill Rock Stars)
Dig Me Out | 1997
CD/LP (Kill Rock Stars)
Call the Doctor | 1996
CD/LP (Chainsaw)
Self Titled | 1995
CD (Chainsaw), LP 10" (Villa Villakula)


Fonte:http://pt.wikipedia.org


Garotas no Vocal - Bratmobile

Eu jurava que já tinha escrevido sobre o BRATMOBILE aqui no blog, mas não, apenas citei a banda em alguns post do Bikini Kill, e do Riot Grrrl, Bratmobile é uma banda que curto bastante e tenho o prazer de escrever sobre elas agora aqui :)




Bratmobile foi uma banda estadunidense de punk rock, da cena riot Grrrl, e por toda sua carreira foi uma banda underground, a Bratmobile tinha  influências do indie pop, Britpop e punk rock, bem comuns da cena da época,anos 90.

Formada po Allison Wolfe e Molly Neuman, duas estudantes da Universidade de Oregon, começaram a colaborar para um influente fanzine feminista, chamado de Girl Germs, que depois viria a virar uma musica da banda. 

As duas garotas, sob o nome de "Bratmobile", fizeram o primeiro show da banda no dia 14 de fevereiro de 1991, no Olympia's North Shore Surf Club, ainda como uma dupla, onde Molly e Allison se revezavam na guitarra, bateria, e vocal.


Durante as férias da primavera de 1991, Allison e Molly foram para Washington,acompanhar o  Beat Happening e Nation of Ulysses em turnê, e também para tentarem trabalhar de um novo jeito no Bratmobile que, naquela época, incluia Jen Smith e Christina Billotte na formação. 

Juntos, eles gravaram e lançaram uma fita cassete intitulada de "Bratmobile DC".

Desde os seus primeiros shows, o Bratmobile foram considerados uma adição importante  para a cena fértil do punk rock dos anos 90. 

De 1991 a 1994, a banda lançou um álbum, o "Pottymouth",  que virou clássico da banda e um EP, "The Real Janelle". Ambos pela gravadora Kill Rock Stars. Depois houve uma pausa das atividades do Bratmobile.

Após o fim da banda, Molly Neuman mudou-se para San Francisco, onde começou a trabalhar na gravadora Lookout! e também tocou nas bandas The PeeChees e The Frumpies.

Allison Wolfe mudou-se para Washington, onde ela e Erin Smith montaram uma nova banda, chamada de Cold Cold Hearts. Wolfe ainda  se mantém  ativa nas causas feministas e ativismo.

Em 1999, a banda decidiu se reunir para uma pequena apresentação no Oakland's Stork Club, onde entraram em turnê com o "Sleater-Kinney".

Em 2000, um revival da banda e elas lançaram o seu segundo álbum de estúdio, intitulado de "Ladies, Women and Girls".

O álbum foi bem aclamado pela crítica e conseguiu novos fãs para a banda e uma nova tour.

O álbum "Ladies, Women and Girls" foi lançado pela gravadora Lookout! Records - de Molly Neuman, ex Bratmobile.

No dia 7 de maio de 2002, a banda lançou o seu terceiro álbum, intitulado de "Girls Get Busy".

Após dedicar a maior parte dos anos de 2002 e 2003 na promoção do álbum "Girls Get Busy", via turnês, cada uma das integrantes começaram a demonstrar interesse por novos projetos.

No dia 30 de janeiro de 2004, através de uma mensagem que Allison Wolfe publicou no site da banda, o Bratmobile chegou ao fim.

#Álbuns de estúdio


    1992: Pottymouth (Gravadora: Kill Rock Stars)
    2000: Ladies, Women and Girls (Gravadora: Lookout! Records)
    2002: Girls Get Busy (Gravadora: Lookout! Records)

Fonte: Wikipédia

Garotas No Vocal - Janitor Joe

Essa banda não chega a ser uma banda com puros vocais femininos, porém uma mulher marcou a história da banda e é por isso que ela ganha espaço no blog hoje, conheça a JANITOR JOE.

JANITOR JOE foi uma banda de noise rock ou rock alternativo, que tocava um som que se encaixa nos generos  Pop / Rock e Vanguarda e  formada em 1992, em Minneapolis, nos Estados Unidos.

Os membros do grupo eram  Kristen Pfaff, Matt Entsminger, Joachim Breuer e  Wayne Davis.

Joachim Breuer (guitarra/ vocal) e  Kristen Pfaff (vocal/baixo) e o baterista Matt Entsminger são os membros fundadores do JANITOR, porém Kristen dá um pausa do JANITOR, para entrar na banda de Courtney Love o HOLE, onde ficou conhecida na cena grunge e alternativa.

Pfaff só apareceu em um disco do HOLE, o álbum de 1994 " Live Through This" um tanto irônico, pois o disco trata das tragédias, e tragédias era o que estava por vim na vida dos integrantes do Hole.
Após a saída de Kristen Pfaff, entra em seu lugar Wayne Davise e a banda continua a produzir e em tour pelos EUA.

Em 1994 o JANITOR JOE lança "Lucky", o segundo álbum da banda, antes eles já haviam lançado o disco "Big Metal Birds" pela gravadora Amphetamine Reptile em 1993.

 Após um tempo, Pfaff, aquela altura, estava cansada da cinza Seattle, cada vez mais viciada em drogas e tirou uma licença do Hole, ao que parece ela não estava feliz com a carreira na banda e voltou a atuar no JANITOR JOE, para uma pequena turnê de primavera que a banda fazia aquele ano na Europa.

No entanto, as coisas tomaram um rumo trágico, ela morre em 16 de junho do ano de 1994, em seu banheiro, vitima de overdose de heroina, o corpo foi encontrado pelo namorado e companheiro de HOLE, Eric Erland. Este fato foi apenas 2 meses depois do suicídio de Kurt Cobain.

Aos curiosos ouçam "Limited Edition" onde podemos ver Pfaff em ação cantando e tocando, um trecho dessa música inspirou "Miss World", do Hole.

Infelizmente é muito complicado achar links seguros para baixar a banda.
link para baixar "What's Going On" http://beemp3.com/index.php?q=janitor+joe&st=all

Ouça a banda no myspace:  http://www.myspace.com/janitorjoemusic

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Garotas no Vocal - Kas Product


Kas product é uma banda duo eletronica francesa do subgenero Coldwave, uma variação do New Wave,  também classicificados como parte do movimento punk electro  frances, a banda surgiu em 1980 e com fim de suas atividades em 1990, o que se sabe sobre a intimidade da banda é pouquissimo, porém a musica deles ainda é lembrada.

O duo é composto por Spatz na maquina eletronica de ritmos e com Mona Soyoc na guitarra, vocais e piano.


Spatz trabalhou em um hospital psiquiátrico anteriormente como enfermeiro, enquanto Mona, cantora de origem argentina, nascida nos Estados Unidos (Mona Soyoc)  trabalhou com uma banda de jazz antes de conhecer Spatz e formar o Kas.

Suas músicas  são feitas em uma eletrônica semelhante ao estilo vocal do  Suicíde e Soft Cell .

# Álbuns
1980: EP "Mind" (Registros Punk)
1980: EP "Take me tonight" (Registros Punk)
1982: "Experimente" (RCA)
1983: "Bypass" (RCA)
1985: EP "Shoo shoo" (Cona / AZ)
1986: "Ego véspera" (Cona / Musidisc) 

Garotas no Vocal - Suzi Quatro

 Susan Kay Quatrocchio, é uma cantora e baixista de sucesso da decada de 70, também atuou no rádio e na TV,  mais conhecida por SUZI QUATRO, ela nasceu em 3 de Junho de 1950 na cidade de Detroit, Michigan, ficou bastante conhecida por ser grande amiga de Joan Jett e grande influência musical do The Runaways.



Sua familia já tinha veias musicais, o pai e o irmão são instrumentistas e Suzi ,aos 14 anos começou uma carreira musical em bandas femininas , a "Pleasure Seekers" e depois "Cradle" em conjunto com suas irmãs Patti, Nancy, e Arlene.

Seu primeiro baixo foi um Fender Precision (1957), que ela ganhou do pai.


Suzi Quatro mudou-se para o Reino Unido em 1971, após ser descoberta em Detroit pelo produtor musical Mickie Most, que produziu bandas como: The Animals e Jeff Beck.

O primeiro single de Suzi, "Rolling Stone", não alcançou grande popularidade, o unico pais que recebeu uma atenção maior foi em Portugal, onde chegou ao topo das paradas.

Seu segundo single "Can the Can"(1973) foi um hit número um em todo Europa e Austrália, e foi seguido por mais três sucessos: "48 Crash"(1973), "Daytona Demon "(1973), e "Devil Gate Drive" (1974), porém o sucesso nos EUA ainda não era alcançado.

Essas gravações apesar de fazerem sucessos pelo mundo, era ignorado e não fazia sucesso em sua terra natal,  apesar das turnês em meados dos anos 1970 e do apoio de Alice Cooper.


Além disso  a popularidade de Quatro e seu glam rock diminuiu e ganho menor visibilidade a partir de 1975, apenas na Autralia ela tinha algum sucesso, assim ela rumou a carreira de atriz, ficou famosa em novelas como Happy Days.


Disco para baixar e ouvir: http://sapodownloads.net/2011/09/download-cd-suzi-quatro-in-the-spotlight-2011.html

Discografia via torrent para download aqui: http://www.torrentreactor.net/torrents/2905135/Suzi-Quatro-Discography-%281973-2006%29

Garotas no Vocal - The Breeders

The Breeders é uma banda americana de rock alternativo referência do genero, que começou suas atividades em 1988, como um projeto paralelo de Kim Deal integrante dos Pixies e Tanya Donelly do Throwing Muses, porém os rumos tomados levaram o The Breeders a ser a principal ocupação de Deal, e logo depois tornou-se  um  projeto bem feito, dela e de sua irmã Kelley Deal, conheça mais dessa banda referência do rock alternativo feminino. 


Após as bandas de origem de Kim Deal (Pixies) e Tanya Donelly (Throwing Muses), tornarem-se menos importante ou darem uma pausa nas atividades, as duas canalizaram seus talentos ao projeto chamado The Breeders, que logo lançou seu álbum de estréia "Pod" em 1990, a influência de Deal e do som dos Pixies era marcante, mas a baixista Josephine Wiggs e a baterista Britt Walford também adicionaram novos elementos ao som da banda, o que deu uma identidade unica nos som da banda.


Em 1992, é lançado "Safari",  Deal saiu do Pixies e chamou sua irmã gêmea Kelley para também participar do "The Breeders" pois Donelly estava envolvida no projeto musical Belly, inicialmente ficou as três na banda, mas logo Donelly teve que sair e se dedicar só ao Belly. 

O baterista Jim MacPherson reuniu-se com o grupo para gravar mais um álbum da banda em 1993, intitulado" Last Splash", sai o segundo disco de estudio dos Breeders. 

O álbum lançou o hit "Cannonball", que atingiu o primeiro lugar nas paradas, e ganhou disco de platina e até pode ser considerado o maior sucesso da banda. 


Em 1994 a banda lançou o EP "Head to Toe" e participou do consagrado festival Lolapalooza, no ano posterior, Kelley Deal sai do The Breeders, por causa dos seus problemas com drogas, enquanto Kim formava o projeto paralelo "The Amps com MacPherson", com o baixista Luis Lerma e o guitarrista Nate Farley, ai parecia ser o fim definitivo do The Breeders.

Em outubro de 1995, a  banda lançou o álbum "Pacer", mesmo periodo que Kelley já estava melhor, após uma reabilitação e começava o projeto "The Kelley Deal 6000" e posterior participou da inusitada banda "Last Hard Men" com  Sebastian Bach (Skid Row), o  baterista Jimmy Chamberlin ( ex- Smashing Pumpkins) e Jimmy Flemion ( The Frogs).


As irmãs Deal levaram o projeto The Breeders ao longo dos anos 90, e com algumas mudanças de formação apresentaram-se em diversos concertos em 2001, e gravaram o terceiro álbum de estudio, "Title TK", com produção de Steve Albini.

Em 2002 a banda reuniu-se para participar de um episódio da série de TV, Buffy the Vampire Slayer (Buffy, a Caça vampiros). 

Em 2004 a Warner Music anunciou planos de eliminar a banda, assim como várias outras, de seu selo devido às baixas vendas do ultimo disco da banda  'Title TK'.


Em Dezembro de 2007, os Breeders anunciaram o título e nome das faixas do seu próximo álbum "Mountain Battles", lançado em Abril de 2008.

Depois desse lançamento pouco se sabe sobre a banda, na pagina oficial deles há ainda noticas de atividades da banda em 2010 e outro Ep lançado chamado "Fate Fatal", aparentemente ultimo projeto deles.

 Fontes:
http://www.breedersdigest.net/
Wikipédia

Links para download em Torrent e Rar ;

http://www.4shared.net/the+breeders+mediafire+download

http://www.torrentfunk.com/torrent/653555/the-breeders-1-album-2-ep-4ad.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...