terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Roda Punk ou Roda de Pogo?

 Estava eu, esta humilde narradora (ao estilo  Alex de A Laranja Mecânica) srrssr, no Festival Quebramar e me deparo com a seguinte situação uma banda do gênero Metal, estava tocando e na euforia o vocalista disse: Galera faz a roda punk ai! '-' como assim, roda punk? 

Não  seria roda de Pogo? Não seria mais do genero bater cabeça (Headbanger)? ou Bangear, ou sei lá...

Enfim e que a situação por mais boba que seja me deixou na duvidada cruel e resolvi pesquisar a origem da roda de Pogo ( pronuncia-se Pôgo), que surgiu e é mais conhecida como a dança punk e compartilho aqui no blog agora com vocês ;)

Carinhosamente chamada de  a dança punk, é uma dança se assim posso chamar que parece até uma briga generalizada com com chutes e socos para todos os lados, um bom modo de tirar o estresse e a raiva, como um calamsnte gerado, pela musica que serve como um escape, normalmente é visto como um tulmuto a frente do palco.

Ao ouvir a música, seu corpo inteiro vibra e a vontade que dá é a de extravasar essa energia: pular, correr, sair chutando todo mundo com um som brutal.
.
O pogo é o que faz os show de punk rock valer mais ainda a pena e a  razão da existência de tal.

Pogar é simplesmente "dançar" num contexto punk. O termo "poguear" também pode ser usado, porém é menos comum.

O som punkrock/hardcore é forte, rápido e cheio de energia, e a dança punk, reflete essas características.

O pogo clássico foi eternizado com a  banda Circle Jerks. 

Onde o  movimento é o seguinte: você anda, dando os passos no ritmo da música. A cada passo, a perna é levantada e esticada, dando-se um chute no ar, como se estivesse chutando uma bola de futebol. Um chute médio, nem fraco nem forte.

Nada é combinado, mas intuitivamente todos começam a andar para uma mesma direção, diminuindo o caos de colisões frontais.

Nota: O detalhe é que ao invés de chutar o ar, você chuta outras pessoas, pois estão todos espremidos, lembra? Mas preste atenção, você não está chutando outra pessoa porque você quer. A música faz você chutar o ar e por acaso há outra pessoa no lugar do ar. Tanto o chutante quanto o chutado estão cientes disso, então todos se chutam o tempo todo e isso é normal.

Os braços ficam dobrados em 90 graus e os punhos fechados, fazendo um movimento alternado, para frente e para trás, no ritmo da música.

É como um boxeador em posição de defesa do rosto, só que com a guarda mais aberta (os punhos não se tocam) e os cotovelos bem afastados. 

A cabeça fica levemente abaixada. Esta é uma posição de defesa da cabeça, para evitar colisões. Assim, nos choques o que se bate são os cotovelos e antebraços.

Algumas variações incluem uma posição diferente dos braços, dobrados na vertical e fazendo movimentos para cima e para baixo. Ou ainda dar joelhadas no ar ao invés de chutar.

 Então se você nunca viu, imagine a dança. Um boxeador defendendo a cabeça, gingando e dando chutes no ar. Isso é pogar. Agora imagine vários boxeadores suados e fedidos fazendo isso em um espaço minúsculo, se chocando e se batendo o tempo todo. Isso é um pogo.E meu amigo te digo a sensação disso não tem explicação de tão bom que é.

É muito comum para um iniciante ver a roda de pogo e logo concluir: "Ah, saquei, basta socar e chutar todo mundo e estarei dançando". E lá vai o pequeno gafanhoto fazer isso no pogo. Ele com certeza sairá machucado.

Todos no pogo sabem quem são os que estão dançando na boa e os que estão abusando. Qualquer pancada diferente do normal é facilmente reconhecida e a repreensão pode vir verbalmente ou com outra pancada mais forte. "Sem querer", é claro. Brigas no pogo são raríssimas.

Cada um pode dançar como quiser, batendo nos outros de maneira amigável e não intencional, sem abusos



Bateu forte em alguém sem querer? Peça desculpas na hora para não ser confundido como intencional. Mesmo se desculpando, sair do pogo por alguns minutos pode ser uma boa idéia. Avalie a situação.

Não brigue. Você notou que não há brigas no pogo? Faça a sua parte para que isso continue assim.

Uma guria pogando ou dando Mosh deve ser encarada como um punk suado fedido e não como uma mocinha indefesa, se fosse não estaria ai, ok?.

Se você quer que sua namorada pogue, deixe-a. Ficar protegendo a mulher no meio do pogo é ineficiente e atrapalha os demais e ela também. Ou deixe-a livre ou saiam da roda.
No fim de tudo o seu cheiro é insuportável, alguns hematomas e seus pés uma tristeza, a roupa nem vou falar, mas com toda a certeza a alegria não tem tamanho e o sorriso é sem tamanho :D


Fonte: Roda de Pogo - A Dança Punk
esse texto contém trechos do:whiplash.net

2 comentários:

  1. PAREM AS PRENSAS! EU NUNCA TINHA OUVIDO NADA ASSIM PARECIDO NA MINHA VIDA. MUITO BACANA.E OLHE QUE LOBISOMENS ADORAM PUNK-TRASH-SAMBA-ROCK-HARDCORE. E ANTES MESMO DE DE CONHECER A RODA DE POGO, EU JÁ AGITAVA OS SHOWS POR AQUI. MUITO BOA A POSTAGEM. PARABÉNS.
    DEPOIS PASSA LÁ:
    http://thebigdogtales.blogspot.com/2012/02/o-diario-de-um-cavaleiro-5-parte.html

    ResponderExcluir
  2. Aqui em Natal se chama pouga, a roda de pouga e o ato é pougar kkk

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...