quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Da Calma Veio o Caos - Parte III: Nirvana e Nevermind

Se falasse do grunge e não falasse da maior banda dos anos 90, Nirvana e de seu rebento, o disco que deu o ponta pé inicia nisso tudo "Nevermid", essa série de postagens ficaria com toda a certeza imcompleta, dando continuidade a série sobre grunge "Da Calma Veio o Caos.

Numa época em que o rock mundial, soava limpinho,  com as enfadonhas bandas de heavy metal e hard rock,  que tinha nada mais as a mesma formula, aparência exagerada e muita maguiagem, mas nada a acrescentar de novo e selvagem e o pop liderava absoluto com as malditas  boy bands.

O Nirvana consagrou-se um marco na história da musica, por resgatar a estética podre e o espírito do punk rock que a muito havia sumido, lá por volta de 1979, com o fim dos Pistols e a morte prematura do icone, Sid Vicious, o renascimento veio com “Nevermind” que em alguma coisa mudou, o mundo sentiu novamente "o espirito jovem"nas paradas musicais. 

Lançado em 24 de setembro de 1991, o segundo disco de estúdio da banda envenenou o público que surfava na onda pop e desconcentrou o mainstream com as canções "Smells Like Teen Spirit", "Come As You Are", as músicas desse disco, trouxeram uma estrutura inovadora ao rock e a ideia que sim, a musica podia ser comercial, por mais que as bandas grunge não gostasse disso, era um fato visivel e que só tende a piorar com o fim dos anos 90. 

E hoje o disco é tão importante como os maiores disco da história musical que mudaram nossa maneira de ouvir música : ''Sgt. Pepper’s''dos Beatles e o ''Never Mind The Bollocks'' dos Sex Pistols.

Depois de alcançar o topo das paradas da Billboard e, vender mais de 30 milhões de cópias pelo mundo, o álbum tornou-se um dos eventos mais importantes da história do rock, desbancou Michel Jackson do primeiro lugar, e alavancou a cena underground, que agora era o alvo dos grandes impresarios.

Cobain trazia, novamente a veia do punk, eram despidos de ego e muito mais palpáveis para que a molecada pudesse se identificar, o jeitão largado, o all Star, levo  o publico a ve-lo como alguém proximo da sua realidade, e logo uma legião de jovens identificou-se.



Assim que o video da música 'Smells Like Teen Spirit' começou a rolar sem para na emissora MTV, atraindo atenção mais que exagerada para a banda de Cobain, a banda ganha fama mundial, com o poder da televisão.

E com toda a certeza o disco não teria as mesma proporção e grandiosidade, sem a mãozinha da MTV.

Os feito de Nevermind e do Nirvana são inquestionaveis, mesmo após 20 anos a banda  é muito presente no cenario do rock e influência de grandes bandas e do garoto que está começando sua banda com os amigos.
Entre o estrelato e a fama que ganhou com o disco, Kurt Cobain, só piorava em seus vícios em drogas e repudio em ser um rockstar, além de sofrer muito com problema de coluna e no estomago por isso precisava de remédios fortes e assim seguia com o Nirvana.

No proximo capitulo e ultimo dessa série, falarei do declinio e o suicidio que finalizou o Grunge .

Fonte:
www.colheradacultural.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...