quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Da calma veio o Caos - Parte II: Influências e principais bandas Grunge

Sonic Youth, uma das bandas mais influentes para o grunge
Anos 90, epoca dominada inicialmente pelo genero Hard Rock que se estendia desde os anos 80 com bandas como Guns´n´roses e Def Leppard.

Porém com o grunge bandas alternativas e de Seattle tiveram maior dominio na cena musical e na midia mundial.

Agora falaremos das principais bandas grunge e das que tiveram importância pra a cena, mesmo não sendo grunge e outras que foram grande inspiração sonora.


Clinton Heylin, autor de "Babylon's Burning: From Punk to Grunge", citou o Black Sabbath como "talvez a mais forte influência pré-punk na cena noroeste."

O que não deixa de ser verdade, já que Kurt Cobain e outros cantores Grunge era fã aciduos da banda, tanto que a influencia sonora é percepitivel em varias musicas grunge, especialmente no Ni.

O Black Sabbath desempenhou um papel em dar forma ao som grunge, através de seus próprios registros e os registros que eles inspiraram.

Kurt Cobain, jeito grunge e esgrenhado. 
A influência do Led Zeppelin também é evidente, sobretudo no trabalho do Soundgarden, a quem a revista Q observou que estavam "no encalço ao rock dos anos 70, mas desprezando o machismo e o sexismo do gênero."

Embora a banda galesa de rock Budgie nunca fosse mais do que uma banda cult nos Estados Unidos, a sua influência tem sido citada por bandas grunge como o Alice In Chains, Melvins e Soundgarden.

A gravação da banda hardcore punk de Los Angeles Black Flag, "My War", de 1984, no qual a banda combinou o heavy metal com o seu som tradicional, teve um forte impacto em Seattle.

Steve Turner do Mudhoney comentou: "Um monte de outras pessoas em todo o país odiava o fato de que o Black Flag tinha ficado lento… mas até aqui foi muito bom … éramos como 'Yay!' Eles são estranhos e estão fodendo o som."

Turner explicou a integração do grunge de influências do metal, lembrando: "Hard rock e metal nunca foram muito um inimigo do punk como foi para outras cenas.

Em Seattle, foi tipo, 'Há apenas vinte pessoas aqui, você não pode realmente encontrar um grupo para odiar.'

" As bandas começaram a misturar o metal e o punk na cena musical de Seattle por volta de 1984, com a maior parte do crédito para essa fusão indo para o The U-Men.

O som cru, distorcido e o feedback-intensivo de algumas bandas de noise rock tiveram uma influência no grunge.

Entre elas estão o Killdozer, de Wisconsin, e a mais notadamente Flipper, de São Francisco, uma banda conhecida pelo seu lento e sombrio "noise punk."



A mistura do Butthole Surfers do punk, do heavy metal e do noise rock foi uma grande influência, principalmente sobre o trabalho inicial do Soundgarden.

O Soundgarden e outras bandas grunge iniciais foram influenciadas pelas bandas pós-punk britânicas como o Gang of Four e o Bauhaus, que eram populares no início da cena de Seattle da década de 1980.

 Bandas como AC/DC, R.EM. , U2, Velvet Underground, Venon, Scratch Acid, Beatles, Knack, Queen , além da que era recente Vaselines, tiveram vital importância no que foi o grunge, sem a influencia de tais o grunge não haveria se moldado a maneira que foi.

Neil Young tocou em alguns concertos com o Pearl Jam e chegou a gravar o álbum "Mirror Ball" com eles, alguns membros da mídia deram a Young o título de "Dinossauro do Grunge."Por causa da aparceria e apoio a cena grunge.

Este baseou-se em seu trabalho com sua banda Crazy Horse e seu uso regular de guitarra distorcida, principalmente no álbum "Rust Never Sleeps".

Um álbum igualmente influente mas muitas vezes esquecido é "Neurotica" do Redd Kross, sobre o qual o co-fundador da Sub Pop disse: "Neurotica foi um trocador de vida para mim e para muita gente na comunidade musical de Seattle."


Um lançamento seminal no desenvolvimento do grunge foi a compilação Deep Six, lançada pela C/Z Records em 1986.

O registo contém faixas múltiplas de seis bandas: Green River, Soundgarden, The Melvins, Malfunkshun, Skin Yard e The U-Men.

Para muitas delas foram as suas primeiras gravações.

Os artistas tiveram "uma maior parte de som pesado, agressivo, que mesclava os andamentos mais lentos do heavy metal com a intensidade do hardcore".

Como Jack Endino lembrou: "As pessoas simplesmente disseram: 'Bem, que tipo de música é isso? Isso não é metal, não é punk, o que é isso?' [...] as pessoas diziam 'Eureka! Estas bandas têm algo em comum'".

A maioria das bandas grunge surgiram em Seattle porém não se prendeu apenas lá, outras bandas também surgiram fora do Estado de Washington, como a Hole e o L7, ambas de Los Angeles, O Stone Temple Pilots, de San Diego.
 Poucas bandas grunge foram formadas fora dos Estados Unidos.

As bandas formadas fora dos EUA incluem Bush, de Londres, Silverchair, de Newcastle (Austrália).


bandas Grunge:
  • 7 Year Bitch (Seattle), 
  • Alice in Chains (Seattle)
  • Green River (Seattle)  
  • Blood Circus (Seattle)
  • Gruntruck  (Seattle)
  •  Love Battery (Seattle) 
  • Mother Love Bone (Seattle)
  • Mudhoney (Seattle)
  • My Sister's Machine (Seattle)
  • Skin Yard  (Seattle)
  • Soundgarden (Seattle)
  • Fecal Matter (Aberdeen)
  •   Nirvana  (Aberdeen)
  • Babes in Toyland (Minneapolis)
  • Hole (Los Angele)
  • L7 (Los Angeles)
  • Malfunkshun (Bainbridge Island)
  • Melvins (Montesano)
  • Paw (Lawrence)    
  • Pearl Jam (Seats)
  • Screaming Trees (Ellensburg)
  • Stone Temple Pilots (San Diego)
  • Tad (Newcastle)
  • Bush (Londres)   
  • Silverchair (Australia)


No documentário "The Year Punk Broke" sobre a turnê européia do Sonic Youth com o Nirvana em 1991, trás além do Sonic youth, outras bandas que fizeram a cena grunge como Babes in Toyland, Dinosaur Jr e Gumball, Meet puppets, além dos Ramones, referência para toda essa geração.

Dirigido por David Markey, documenta a explosão da cena grunge pelo mundo, traz registros de shows, imagens das loucuras do backstage e a interação com outras bandas americanas, mostrando imagens raras e exclusivas.

O doc mostra o dia a dia das bandas, também fora dos palcos, e como era ser jovem e sujo pelas teias grunge nessa época.

Do começo ao fim, thurston Moore, Kim Gordone e Kurt Cobain estão cheios de ácido falando asneiras, enchendo a cara, chutando lixo e transformando isso em poesia.

Kurt e Thurston Moore



Fontes:
The Year Punk Broke(doc)
"Mirror Ball"- Pearl e Neil Young
Clinton Heylin, "Babylon's Burning: From Punk to Grunge"
wikipédia
www.uol.com/mtv

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...