quarta-feira, 13 de julho de 2011

Vale a pena ler: Meu coração ferido - A vida e as cartas de Lilli Jahn


Com a Internet e tantos meios de diversão, consumismo e lógico nossas alegria de cada dia a gente até esquece os Genocídios da humanidade , mas e dai já foi a gente vive em outros tempos ...

Pra você talvez isso é besteira mas ignorar a maior chacina da história, o terror nazista dos anos 40 na Segunda Guerra mundial é coisa de gente imbecil e ignorante e ,lógico egoísta .

Tantas guerras ouve no mundo mas essa é uma que marcou pela falta de respeito as diferenças e ao outro.

O livro " Meu coração ferido - A vida e as cartas de Lilli Jahn, relata inicialmente uma vida tranquila e burguesa de uma mulher nos anos 40, em uma tipica cidade de interior  na Alemã pré nazista. Onde famílias judias conviviam com alemães  e eram promissores nos negócios .

Entre os tantos judeus havia Lilli Jahn, medica e casada com um alemão, Ernest Jahn, um homem depressivo e inseguro mas um bom marido, com quem teve 5 adoráveis filhos, tudo ia vem e Lilly era feliz  com sua familia, até a ascensão de Hitler, onde lilly ver-se abandonada por marido e amigos.
O marido de Lilly apaixonasse por outra mulher e tem um filho com ela e abandona Lilly.

Lilly é obrigada a sair de sua cidade e logo depois é presa sem nenhum motivo aparente, e enviada para uma prisão de trabalho forçado, deixando completamente sozinhos os filhos de 3 a 14 anos.

 Apartir da troca de correspodências entre mãe e filhos tem-se uma dolorosa visão de filhos que tentam tirar a mãe da prisão e nem imaginam que a situação é pior ainda de eliminaçãoo de judeus.

De inicio vemos o otimismo de Lilly e de seus filhos, que mesmo em apoio de quase ninguém lutam até o ultimo instante e sofrem sem a mãe.
O livros nos leva a refletir e questionar os valores do que é ser humano. Realmente é valido humilhar, atacar e matar alguém só por ser diferente e ter valores distintos dos nossos ?




As cartas são trocadas até o destino final de Lilly Auschwitz.Além de trazer os relatos diários do avanço nazista é um livro de valor histórico e comovente deixando o leitor em plena Alemã em época de guerra.

"Meu coração ferido",  foi escrito por Martin Doerry, neto de Lilly.
Vale a pena ler, impossivel não se emocionar.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...